dia_do_meio_ambiente

Vetnil atua em prol do Meio Ambiente

5 de junho de 2013

Entre as ações realizadas pela empresa estão: utilização de materiais recicláveis, participação em programas de reflorestamento e doação de medicamentos para animais silvestres resgatados

 A preocupação da Vetnil com sustentabilidade é uma constante e ao longo do ano, a empresa – fabricante de suplementos alimentares e medicamentos e que está entre os cinco maiores laboratórios brasileiros de produtos veterinários e é líder no mercado nacional de equinos – desenvolve ações ambientais, promove o engajamento com seus colaboradores e contribui com programas de reflorestamento.

Na semana em que comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Vetnil reforça, ainda mais, o engajamento com todos os colaboradores em defesa da preservação ambiental, por meio do Projeto Sustentabilidade dentro da empresa, divulgando as ações em implantação e as já implantadas.

Dentre as em implantação, a Vetnil está trocando o material utilizado para impressão de suas embalagens e passará a utilizar papéis de reflorestamento certificados pela FSC (Forest Stewardship Concil A.C.).

“Atitudes positivas em relação à conservação dos recursos naturais fazem parte do nosso dia a dia. Para a Vetnil, a natureza não é fonte inesgotável de recursos, suas reservas são finitas e devem ser utilizadas de uma maneira racional evitando o desperdício e considerando a reciclagem como processo vital”, comenta Cristiano de Sá, diretor de marketing e novos negócios da Vetnil.

 

Em relação às ações já implantadas, a Vetnil distribui seus brindes e materiais promocionais em sacolas feitas de papel reciclado, faz uso de lâmpadas fluorescentes que gastam 65% menos energia e duram até 10 vezes mais que as lâmpadas de filamento e encaminha todos os papéis e plásticos que são descartados na empresa para reciclagem.

 

Mata ciliar

Desde 2009 a Vetnil contribui com a AMC (Associação Mata Ciliar), que tem como objetivo, a melhoria da qualidade de vida das comunidades, desenvolvendo projetos relacionados à preservação, conservação e recuperação do meio ambiente. Entre as ações que a empresa participa estão a doação de um valor mensal equivalente a 1 mil mudas de árvores nativas para o reflorestamento da mata e também produtos para a entidade administrar nos animais que são resgatados.

Esses animais são socorridos pelos bombeiros, polícia ambiental, guardas municipais, entre outros, e são encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Selvagens, onde recebem atendimento médico-veterinário. Todos são provenientes da Serra do Japi e região e chegam em consequência do trafico de animais, queimadas, caça, desmatamentos e tantos outros motivos. Após receberem os cuidados médicos e se recuperarem, são soltos no seu local de origem.

Para Cristiano de Sá, a iniciativa é importante por dois aspectos: tanto pela ajuda em si a um projeto sério, quanto pela importância dada à preservação do meio ambiente. “Ver o trabalho da AMC tendo continuidade é o melhor retorno que a Vetnil poderia receber”, comemora Cristiano.

A Associação Mata Ciliar é uma entidade civil sem fins lucrativos, foi fundada em 1987 com o objetivo de preservar os mananciais por meio do estudo das espécies nativas e produção de mudas das mesmas. Hoje conta com a produção anual de aproximadamente dois milhões de mudas de 200 espécies diferentes de plantas características de Mata Atlântica e Cerrado, produzidas em três viveiros localizados nas cidades paulistas de Pedreira, Jundiaí e Águas de Lindóia.

Em 1997, a Mata Ciliar fundou um CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) em Jundiaí (SP), com o intuito de prestar atendimento médico veterinário aos animais da fauna silvestre local.

A Mata Ciliar conta também com o Centro Brasileiro para Conservação de Felinos Neotropicais que tem o objetivo de implementar estratégias para a conservação das oito espécies de felinos selvagens que ocorrem no país. Trata-se de um centro de referencia internacional promovendo pesquisa em cativeiro e vida livre.