posts-FB-Curiosidades-Outubro-Rosa-2017-05

Vetnil apoia ações de prevenção de câncer de mama em Pets durante o Outubro Rosa

3 de outubro de 2017

A Vetnil, uma das maiores empresas do setor veterinário, alerta para a importância da castração em animais domésticos como forma de prevenção das neoplasias (tumores benignos e malignos) de mamas, no ‘Outubro Rosa’, mês dedicado ao tema em todo o Brasil. Em seus 23 anos de fundação, a companhia é referência como apoiadora de campanhas de orientação e de ações para prevenir doenças e promover o cuidado do animal, de pequeno e grande portes.

Estudos mostram que dentre os casos de tumores que chegam à clínica veterinária, os de mama são os mais comuns, sendo que em gatas representam 30% e em cadelas 40%. Para a Médica-Veterinária e Gerente de Marketing da Vetnil, Fernanda Cioffetti Marques, a castração em cadelas e gatas antes do primeiro cio, reduz para 0,5% a chance de desenvolverem tumores mamários malignos. “Este risco aumenta, significativamente, com a ovário-histerectomia tardia; após o primeiro cio sobe para 8%; e depois do segundo salta para 26% as chances de desenvolver um câncer de mama”, acrescenta, que uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, uso de suplementos e exercícios físicos são muito importantes para auxiliar o bem-estar do animal e na boa saúde.

Assim como nos humanos, a melhor forma de identificar se há alguma anomalia na região mamária é apalpando a região. O tutor deve estar sempre atento, observar visualmente e fazer a palpação na região mamária, para verificar o aparecimento de nódulos. “A palpação é um recurso simples e eficaz para perceber se há algum sinal de inchaço ou nódulo. Dor, vermelhidão e áreas mais quentes podem acompanhar o crescimento anormal destas mamas e nódulos. Ao menor sintoma de anomalia, deve-se consultar o médico-veterinário. Fazer exames regulares, além de consultas periódicas a um especialista também é importante”, orienta a médica-veterinária.

As neoplasias mamárias correspondem, aproximadamente, 40% dos tumores diagnosticados em cadelas e 30% em gatas, nas clínicas veterinárias. “Ao ter que enfrentar um caso de neoplasia mamária em cadelas ou gatas, geralmente opta-se pela remoção do tumor e a da região acometida. Uma boa notícia é que quando o tratamento é precoce, as chances de cura são muito grandes”, complementa Fernanda.

Atualmente, a Vetnil apoia o mutirão de castração de cães e gatos, promovido pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Especial de Investimento Social, em parceria com a AMPARA Animal – Associação das Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados. A ação teve início no dia 18 de setembro, no bairro do Bom Retiro e vai percorrer outros bairros da capital até o final do ano. Lembremos que, além de prevenir o câncer de mama em cadelas e gatas, a castração evita o abandono de animais.