Produtos

Acepran Gotas

Neuroléptico – Tranquilizante

A Acepromazina é um derivado fenotiazínico mais comumente utilizado como medicação pré-anestésica, sedativo e tranquilizante. Em pequenos animais, os derivados fenotiazínicos podem produzir efeitos antieméticos.

Indicação do produto

Acepran Gotas é indicado para cães e gatos como sedativo e tranquilizantes para facilitar procedimentos diagnósticos, contenção para exames e radiografias, tratamento de feridas e abscessos, sondagem uretral e nos casos onde se deseja obter um efeito tranquilizante e de indiferença aos estímulos excitantes do meio. Acepran Gotas é especialmente indicado para transportes de animais, pois promove tranquilização, sonolência e também atividade antiemética, típica dos derivados fenotiazínicos.

Níveis de garantia do produto

Cada 100 mL contém:

Acepromazina…………………………………………………………1,0 g

Veículo q.s.p ………………………………………………………100 mL

Modo de usar

Administrar por via oral.

Cães e gatos: 0,56 mg/kg a 3 mg/kg de peso corporal, ou seja, 2 a 6 gotas por kg de peso corporal, dependendo da profundidade e duração da sedação requerida. Os efeitos sedativos em cães iniciam-se 15 a 30 minutos após administração, proporcionando 45 a 120 minutos de sedação. Em gatos, os efeitos Sedativos iniciam-se 15 a 45 minutos após administração, proporcionando 45 a 105 minutos de sedação. Caso seja necessária uma complementação da dose, esta deverá ser realizada sob supervisão do médico veterinário. Cada 1 ml contém 24 gotas.

As dosagens poderão ser alteradas de acordo com a orientação do médico veterinário.

Contraindicação

É preciso ter cautela ao administrar acepromazina a pacientes fracos, debilitados, jovens, idosos, cardiopatas e com comprometimento hepático, para minimizar os seus efeitos adversos. Também se deve evitar a sua interação com organofosforados, porque aumentam a toxicidade das fenotiazinas.

Não utilizar em fêmeas gestantes e lactantes.

Utilizar com cuidado em animais com histórico de convulsões. Não utilizar em animais que apresentam problemas de distonia ou que apresentam efeitos extrapiramidais com uso de fenotiazínicos.

A acepromazina pode potencializar outros fármacos que causam vasodilatação. Pode aumentar o risco de convulsões quando administrada em conjunto com outros agentes que diminuem o limiar convulsivo.

A absorção oral da acepromazina pode ser reduzida em animais tratados com misturas anti-diarréicas e antiácidos (exemplo: caulim, pectina e bismuto).

A acepromazina está contraindicada em casos de choques endotóxicos ou traumáticos, devido ao risco de queda crítica na hipotensão.

A administração de adrenalina é contraindicada em animais medicados com fenotiazínicos, pois acarreta maior depressão da pressão arterial. Nestes casos, deve ser utilizada como droga de eleição a noradrenalina.

A acepromazina deve ser usada com cautela durante anestesias epidurais devido a potencialização dos efeitos hipotensivos.

Apresentação

Frasco de 10 mL.

Veja também