Post_FB_Dia-da-Agua_2018

Mercado Pet e o Consumo Consciente de Água

22 de março de 2018

Um dos maiores desafios que a humanidade vai encontrar em nossa jornada nos anos que se aproximam muito rapidamente será a escassez dos recursos naturais como por exemplo a água.A pressão do aumento do consumo, a pressão demográfica e o desperdício são os maiores problemas que a humanidade enfrenta e precisa urgentemente encontrar respostas para modificar esse cenário em todos os setores, seja na produção de insumos e produtos, na prestação de serviços e no consumo doméstico.

Como nós do mercado pet podemos participar dessa mudança?

Onde está nossa responsabilidade?

Quando lembramos que fazemos parte do mundo e da sociedade, entendemos que temos nossa parcela de responsabilidade e contribuição para que esse cenário sombrio da escassez de recursos naturais seja cada vez mais postergado e evitado por todos nós!

Todos os setores da economia devem estar focados nos conceitos de sustentabilidade e consciência ambiental, pois nunca antes na história das relações cliente-empresa a decisão por fidelizar-se a uma empresa se baseou na presença e postura das companhias em questões sócio ambientais.

E como podemos ser conscientes no mercado veterinário quanto ao uso racional da água?

Vamos começar por um reconhecimento, respondendo a uma simples pergunta: “onde eu utilizo a água no meu dia a dia?”.

Em um primeiro momento pensamos logo: Banho e Tosa! Afinal, damos banho em nossos clientes e usamos… água!

Vamos então com algumas dicas práticas:

– Treine sua equipe de estética no uso racional da água, falando da importância de todos juntos estarem com o mesmo propósito;

– Coloque duchas e controladores de jatos de água com regulagem automática, evitando que o fluxo de água seja constante mesmo quando não estiverem dando banho nos animais, gerando desperdício literalmente ralo abaixo;

– Use produtos de fácil enxague para reduzir o consumo de água no processo de banho.

E nos outros ambientes como podemos melhorar a nossa relação com a água?

Mais uma vez o treinamento de todos é fundamental:

– Não deixar pias abertas desnecessariamente durante uso;

– Manter as instalações hidráulicas em perfeito estado de conservação;

– Evitar lavar pisos e quintais somente com mangueiras e duchas, e sim alternar com uso de vassouras, mops e esfregões e usar baldes com os respectivos de produtos de limpeza;

– Usar produtos de limpeza que necessitem menor quantidade de água para sua diluição;

– Instalar estruturas e mecanismo de reuso de água para limpeza de pisos e quintais;

– Pensar na instalação de mecanismos de coleta de água da chuva;

– Reciclar materiais como caixas de papelão, papéis e plásticos reduzindo assim a geração de resíduos que induziriam a um maior uso de recursos para limpeza dos setores onde ficariam segregados;

– Tornar o PGRSS algo vivo dentro da empresa evitando erros e desperdícios no uso de recursos e insumos, bem como sua segregação e destinação.

Seguindo essas dicas e tornando-as parte do dia a dia da clínica ou do petshop, você poderá ainda fazer estratégias promocionais como eventos de conscientização junto a seus clientes, destinar um percentual de vendas para uma ONG de Educação Ambiental e Conservação, enfim… criar a imagem de uma empresa responsável e comprometida com o meio ambiente!

Pense nisso!

Sergio Lobato / Consultor / CRMV-RJ 4476

sergiolobato.blogspot.com.br